Festa infantil compartilhada, uma tendência que você precisa conhecer

Quem nunca fez contagem regressiva para o dia do aniversário quando era criança? Aquela sensação boa de riscar os dias passando no calendário e contar quantos ainda faltam para o grande dia chegar… 

Para muitas crianças, e também para alguns adultos, é como se o dia do aniversário fosse “o seu dia” no ano. Aquele dia em que você é o centro das atenções, as pessoas genuinamente sorriem e lhe desejam coisas boas, você quaaaase pode fazer o que quiser.

A comemoração de aniversário dos pequenos envolve toda uma preparação e, muitas vezes, as crianças também podem ajudar: pensar em quem irão convidar, quais comidas serão preparadas, as brincadeiras que serão realizadas, aproximando ainda mais pais e crianças.

Além disso, é uma ótima oportunidade da família extensa participar mais ativamente da vida dos seus filhos. Alguns parentes são mais próximos, outros não, portanto,  esse pode ser o momento para estreitar os laços.


Festa infantil compartilhada: motivos para fazer

Veja mais alguns motivos para comemorar o aniversário do seu filho:

  • Criar memórias positivas;
  • Reforçar a autoestima da criança;
  • Passar tempo de qualidade com as crianças.

No entanto, no cenário atual, não tem sido tão comum realizar festas de aniversário muito grandes, para muitos convidados, por vários fatores, como:  crise econômica, falta de tempo e disponibilidade de espaços. Uma boa saída pode ser uma festa infantil compartilhada. 


Já pensou sobre isso? O que acha de realizar uma festa compartilhada em buffet infantil do seu filho com outras famílias?

Atualmente, muito tem se falado sobre economia compartilhada. Uma tendência mundial, que faz cada vez mais parte do cotidiano, permitindo que as pessoas mantenham seu estilo de vida, sem a necessidade de adquirir coisas. Essa mudança de comportamento vem sendo adotada em vários setores, transporte, vestuário, entre outros, e também já começa a aparecer no mercado de festas infantis, onde os pais que optam pelo modelo de festa compartilhada chegam a economizar 50% do valor sem perder em qualidade.

A ideia é mais simples do que você imagina: basta reunir os aniversariantes do mês e organizar uma única comemoração. Longe de anular a individualidade de cada criança, a iniciativa celebra valores como coletividade e empatia e fortalece os laços afetivos entre os pequenos, que terão memórias compartilhadas para relembrar por toda a vida. Ao optar por esse formato, você vai estar fazendo uma escolha inteligente, moderna e criativa.

Para se aventurar nessa nova proposta, organize uma pré-reunião entre os pequenos e as famílias para definir o que cada um deseja para a sua festa. Nesse momento, busque encontrar um ponto em comum entre todas as ideias e decidam questões importantes como: lista de convidados, tipos de comidas, lembranças, brincadeiras, entre outros. 

Quando apostar na festa compartilhada?

  • Ter, pelo menos, 2 crianças que fazem aniversários em datas próximas;
  • Ter um grupo de convidados em comum;
  • Não se importar em dividir os flashes e atenção.

A dica principal é: não deixe de celebrar! Pode ser festinha, festão, entre amigos ou só para a família, o importante é aproveitar mais essa opção para viver momentos inesquecíveis com seus filhos e convidados, através da festa infantil compartilhada.

Dê um pulinho lá no nosso blog e veja também mais dicas com o passo a passo para planejar a festinha do bebê. Vamos festejar a vida sempre! 

Deixe um comentário